FacebookInstagramTwitterVimeoYoutube

A Nossa História

||

O descobrimento do Arquipélago da Madeira surge no decorrer de uma manobra geoestratégica de expansão do território português, da fé católica e desenvolvimento da economia do reino. No ano de 1419 é descoberto todo o Arquipélago da Madeira.

O povoamento da ilha da Madeira foi iniciado por volta do ano de 1425, tendo como povoadores portugueses do norte de Portugal e do sul, da cidade do Algarve. As primeiras produções e exportações da ilha da Madeira foram o trigo, o açúcar e o vinho.

O açúcar tornou-se o “ouro branco”, permitindo trocas comerciais com todos os pontos de comércio marítimo, dando entrada a arte flamenga, alfaias litúrgicas e a muita pintura. O arquipélago da Madeira desenvolveu-se através da produção agrícola e como ponto obrigatório de paragem nas rotas comerciais.

|||||||||||||||

O nome da cidade do Funchal deriva da planta Foeniculum vulgare, a planta do funcho. Relatos da época indicam-nos que ao desembarcar na ilha a primeira visão foi a de um vale denso em arvoredo e em funcho, planta essencial na gastronomia e doçaria regional.

Apesar da abundância de funcho, foi o açúcar que proporcionou a formação de uma economia sustentável na cidade do Funchal e em toda a ilha.O vinho madeira sucedeu ao açúcar, tornando-se hoje num dos ex-libris da região. A produção de açúcar e de vinha na cidade do Funchal tornam-se indispensáveis para a economia local, sendo os seus ícones incorporados no brasão da cidade.

Zona Velha da Cidade|Zona Velha da Cidade||Zona Velha da Cidade|Zona Velha da Cidade|Zona Velha da Cidade|Zona Velha da Cidade|Zona Velha da Cidade||Zona Velha da Cidade||Zona Velha da Cidade||Zona Velha da Cidade|Zona Velha da Cidade||||||||||

Conta a história, que aqui terá nascido a primeira povoação da cidade. Esta Zona velha da Cidade é característica pelas suas ruas estreitas de calçada e fachadas de casas antigas e é considerada uma zona histórica de grande valor arquitetónico e patrimonial.

Em pleno coração desta Zona Velha da Cidade, está situada a Capela do Corpo Santo, uma das poucas construções quatrocentistas que sobreviveu até à atualidade. Neste local também se encontra uma das ruas mais antigas da cidade, a Rua de Santa Maria, que acolhe diversos negócios locais, como a típica Fábrica de Chapéus, que funciona há mais de 60 anos no mesmo espaço, ou a Fábrica de Botas de Vilão.

seta anchora

Cultura e Património

seta anchora

Artesanato

Bordado Madeira

O Bordado Madeira nasce há cerca de 150 anos e adquire uma grande expressão comercial entre os séculos XIX e XX. Nesta época é introduzido em diversos mercados mundiais, desde o Reino Unido, Itália, Estados Unidos, Singapura, Austrália, entre outros.

Caraterizado por motivos naturalistas inspirados na ilha, são desenhados e bordados cuidadosamente por habilidosas bordadeiras. O seu processo produtivo passa por várias fases até ser certificado com um selo que garante a sua autenticidade e qualidade.

Bota de Vilão

Estas botas calçaram durante muitos anos grande parte da população madeirense dada a sua durabilidade, resistência e impermeabilidade que permitiam percorrer grandes distâncias.

Atualmente a bota de vilão é mais usada pelos grupos folclóricos, porém existem várias versões criativas que lhe concedem um aspeto mais contemporâneo.

A sua produção começa a ser escassa, no entanto poderá testemunhar este processo numa das fábricas existentes no Funchal.

Vimes da Madeira

Os vimes têm origem na Camacha e a sua indústria inicia-se em 1850. A sua produção deve-se à abundância de vimieiros, sendo esta uma zona de terrenos com muita água, o que facilita o crescimento destas árvores.

O vime depois de ser apanhado é cortado, descascado e posto a secar. Antes de ser usado para qualquer criação, passa por um tratamento, onde são fervidos para os tornar mais fáceis de moldar.

O resultado deste processo são peças de mobiliário, cestos e os famosos carros de cestos utilizados na descida do Monte.

Instrumentos Tradicionais

Tocada com instrumentos como a viola de arame, o rajão, a braguinha e o brinquinho, a música tradicional madeirense apresenta diversas influências culturais. Algum dos géneros musicais característicos da Região são o famoso bailinho, o charamba, a chamarrita, e as mouriscas, sem esquecer os caricatos despiques.

banner Funchal, capital do arquipélago da Madeira, foi declarada cidade nos anos 1500 e tornou-se um importante ponto entre o velho e o novo mundo. A descontraída cidade deve muito de sua importância histórica ao "ouro branco", o açúcar da Ilha da Madeira. Hoje, Funchal é famosa por seu clima, vinho e artesanato atraentes. Os principais pontos turísticos incluem o Mercado dos Lavradores, as Bodegas Blandy e o Museu de Arte Sacra. Habitantes amistosos, ruas tranquilas e táxis baratos tornam a cidade fácil de percorrer. VER TRIPADVISORseta Mapa Turístico do Funchal

Visit Funchal | 2017 © Copyright